Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Paran Silos

Quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Biológicos são opções eficientes e rentáveis aos produtores paranaenses

Biotrop destaca suas soluções naturais para as principais culturas produzidas no Estado

O Paraná é o segundo maior produtor de grãos do País. Finalizando a safra 2019/2020, o estado deve contabilizar a colheita de 40,9 milhões de toneladas, um volume 13% maior do que o cultivado na safra passada. De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), a área cultivada foi de praticamente 10 milhões de hectares.

Além da força na produção de grãos, o Estado, por suas variações climáticas, possibilita ainda o cultivo diversificado e com qualidade em outras culturas. Somado a isso, o Paraná tem regiões com excelente produtividade e altíssima tecnologia. “Os paranaenses investem muito em pesquisa e contam com renomadas instituições”, destaca Júlio Cesar Teschima, gerente regional de Vendas da Biotrop, empresa que desenvolve soluções biológicas e naturais para a agricultura.

Atualmente o mercado de biológico e naturais no Estado está em grande crescimento, pois o produtor está a cada safra avançando mais no uso da tecnologia. De acordo com Teschima, diante dessa demanda crescente, a Biotrop está se preparando e já conta com 15 profissionais sediados nas principais praças produtoras do Paraná. “Os biológicos e naturais estão cada vez mais despertando o interesse dos produtores. Temos muito bons resultados nas mais variadas culturas Paranaenses onde foram testados os produtos, desde os cereais de inverno, passando por cana-de-açúcar, mandioca e também soja e milho, que são as principais culturas em que atuamos”, cita.

Uma dessas importantes regiões produtoras na qual a Biotrop tem ampliando sua presença com profissionais altamente capacitados é em Guarapuava, importante polo produtor do Estado. Por estar localizada no alto do terceiro planalto - o que a torna uma das cidades mais frias do Estado, não ocorre a safrinha nem de milho e nem de soja como em outras cidades do Brasil. Por isso, a alternativa mais rentável são os cultivos de variedades de inverno, como aveia, centeio, trigo, triticale e a cevada. “Estas são culturas mais resistentes ao frio”, destaca Vinícius Ducat, engenheiro agrônomo e RTV da empresa na região.

Soluções para a região

A Biotrop, que após fusão incorporou os produtos da Total Biotecnologia ao seu portfólio, vem a cada dia fortalecendo o trabalho junto aos produtores da região. Segundo Ducat, entre as soluções disponibilizadas pela empresa, os destaques são o Accmax e o Azototal.

O Accmax é um potente inoculante promotor de crescimento composto por cepas exclusivas de Bacillus subtilis, B. amyloliquefaciens e B. pumilus, que potencializam o equilíbrio biológico do solo aumentando a produtividade das culturas e, consequentemente, gerando maior rentabilidade aos produtores.

Entre os diferenciais do produto está a aceleração do desenvolvimento inicial das culturas, facilidade de aplicação e aumento do sistema radicular. “Além disso o Accmax apresenta elevada compatibilidade com agroquímicos, e restabelece ainda o equilíbrio biológico da rizosfera”, destaca o engenheiro agrônomo.

Já o Azototal é um inoculante nas versões líquido e turfoso para a soja, feijão, milho, trigo e pastagens. Composto por Azospirillum brasilense, é altamente eficiente na promoção de crescimento e fixação biológica de nitrogênio. O produto é resultado de inovação, pesquisa e desenvolvimento conjuntos entre a empresa e a Embrapa, oferecendo ao agricultor uma nova ferramenta para o aumento de produtividade no campo.

Entre seus benefícios está o aumento da produtividade e da rentabilidade, a fixação biológica de nitrogênio e também a melhora da absorção de água e nutrientes. Somado a isso o Azototal aumenta o sistema radicular e melhora a sustentação da planta, reduzindo o acamamento. Tem ainda formulação altamente estável, garantindo a viabilidade dos microrganismos.

Consolidação no mercado

A cada safra cresce o número de agricultores que adotam o manejo biológico em suas propriedades. A tecnologia contribui para o aumento da produtividade das lavouras e representa um conjunto de novas ferramentas capazes de reestabelecer o equilíbrio e sustentabilidade dos sistemas agrícolas.  De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio), a expectativa é que o controle biológico na agricultura movimente US$ 5 bilhões em 2020.

Dentre as empresas líderes neste crescente mercado, a Biotrop tem investido pesado nos últimos dois anos. A empresa, é fruto da visão e da aliança entre o fundo de investimento Aqua Capital e um grupo seleto de profissionais do agronegócio. Com escritórios comerciais em Vinhedo (SP) e unidade avançada de multiplicação bacteriana em Curitiba (PR), empenha-se para levar aos produtores o que há de mais avançado em soluções biológicas para a agricultura.

A Biotrop conta hoje com uma das maiores instalações de produção de biológicos no Brasil e já se consolidou entre os top 4 do setor no país. A atual capacidade instalada e utilizada é de 3.2 milhões de litros e a previsão é de aumentar essa produção em pelo menos 50% já para 2020.

Com sua estratégia de crescimento, no fim de 2018 a Biotrop dobrou a estrutura comercial. Para dar suporte técnico e estar cada vez mais próximo dos produtores, este ano a empresa iniciou um grande plano de contrações para reforçar ainda mais a área comercial.

Com os novos profissionais, a empresa pretende consolidar uma estrutura de aproximadamente 90 pessoas no campo, das quais cerca de 80 ligadas diretamente ao cliente nas funções de representante técnico de venda e assistente técnico de venda, cumprindo a missão de fazer do sucesso do cliente o sucesso da empresa. “A estratégia está em execução, com o objetivo de sermos a maior e a melhor empresa de biológicos e naturais das Américas, através de pessoas preparadas e a todo momento ao lado do produtor”, afirma Carlos Alberto Baptista, diretor nacional de vendas da Biotrop.

De acordo com Antônio Carlos Zem, CEO da Biotrop, os investimentos são massivos, especialmente em inovação, pesquisa, desenvolvimento, registros, produção e controle de qualidade. “Acreditamos que o alto rigor de qualidade associado a um amplo programa de inovação, pesquisa e desenvolvimento trará segurança ao cliente ampliando o mercado de biológicos. Nosso desafio é transformar o não-usuário em usuário de biológicos”, destaca.

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Paran Silos